Precisamos entender mais sobre as dietas com baixa ingestão de carboidratos e como monitorar em casa

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

carboidrato_portal_1903Com a busca pelo corpo perfeito, sempre presente no desejo de homens e mulheres, as dietas com baixa ou nenhuma ingestão de carboidratos ganharam fama entre os praticantes de exercícios físicos.

São as chamadas dietas cetônicas, em que o consumo de carboidratos é limitado ou zero, buscando a perda de peso. Uma dieta em que a ingestão de carboidratos não passe de 100g pode ser classificada como cetônica.

O princípio dessa dieta é simples, na falta da glicose de carboidratos, o organismo queima a gordura como fonte de energia.

Todas as dietas que visam à metabolização de gordura como fonte primária de energia, independentemente de suas variações, o fazem ativando o sistema de cetogênese do corpo. Isto pode ser feito durante algum tempo e deve ser monitorado para que o corpo não corra riscos, como a cetoacidose.

Isto resulta na produção de corpos cetônicos pelo fígado, posteriormente secretados na urina, causando cetonúria.  O corpo somente utiliza esta fonte alternativa de obtenção de energia em caso de falta de glicose.  No caso de diabetes isto ocorre, pois, a glicose tem dificuldade de ser internalizada nas células. No caso de uma dieta com grandes restrições de carboidratos ou em jejum muito prolongado isto ocorre pela falta de glicose.

Muitas das dietas utilizadas hoje em dia induzem propositalmente o corpo a metabolizar as gorduras pelo controle rígido na ingestão de carboidratos.  Isto pode ser feito desde que recomendado por um médico e intensamente monitorado por exames laboratoriais ou auto testes, mas jamais realizar exercícios físicos em jejum absoluto. O objetivo principal é evitar que o corpo entre em cetoacidose.   Na cetoacidose, o acúmulo de corpos cetônicos é tamanho que o pH do sangue é substancialmente reduzido.  Em situações normais, os corpos cetônicos não são detectados na urina. Alto nível de cetonuria indica um diabetes fora de controle ou que uma dieta desse tipo é inadequada e pode oferecer riscos.

Descrição gerada com alta confiança A Confirme, empresa especializada em auto testes, oferece mais uma alternativa de monitoramento aos diabéticos e aos adeptos de dietas com grandes restrições de carboidratos: o Confirme Glicose+Corpos Cetônicos. Esse auto teste consiste em tiras com membranas reagentes para glicose e cetonas afixadas numa das extremidades. A amostra e os resultados são obtidos comparando as cores desenvolvidas nas membranas com a tabela de cores no rótulo da embalagem.  A detecção da glicose é baseada na reação cromogênica de oxidase-peroxidase.  A detecção das cetonas é baseada no princípio onde o ácido acetoacético e cetona formam com o nitroprussiato de sódio em meio alcalino, um complexo de cor violeta.  Pode ser feito a qualquer hora e em qualquer lugar, porém o ideal é que seja realizado antes das principais refeições ou duas horas após.  Glicosuria positiva, ou seja, presença de glicose na urina juntamente com cetonuria positiva indica uma situação de descontrole do metabolismo. Orientação médica é fundamental o mais rápido possível.  Glicosuria negativa com cetonuria positiva indica tempo de jejum prolongado e caso a cetonuria for muito alta é recomendável uma consulta médica para averiguação.

Principais Fontes de Carboidratos

Cereais, Massas, Frutas, Verduras.

O auto teste Confirme Glicose + Corpos Cetônicos pode ser encontrado nas maiores redes de farmácias ou através do site www.confirme.com.br

 

  • Canal Dicas Mulher

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation