Racismo virtual: polícia investiga 30 internautas que ofenderam Taís Araújo

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

-1036372537851856eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando cerca de 30 perfis de internautas que hostilizaram a atriz Taís Araújo no Facebook. Se for confirmada conexão com comentários racistas publicados na foto da artista, os responsáveis podem ser condenados a cumprir até 8 anos de prisão por crimes de injúria racial e formação de quadrilha.

Segundo o titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, Alessandro Thiers, os agressores moram no Rio de Janeiro e em São Paulo e, mesmo que as contas nas redes sociais tenham sido excluídas, eles podem ser identificados. Racismo na internet é falta do que fazer. A polícia vai encontrar essas pessoas, porque tudo deixa rastros, explicou, em contato com o G1.

A atriz prestou depoimento na quarta-feira, 4. Em nota, a artista nformou que decidiu levar o caso à Justiça por acreditar que os autores possam ser punidos. “Sei que meu caso não é isolado e é exatamente o que acontece com milhares de outros negros no país, disse, ao agradecer as mensagens de apoio que recebeu.

As investigações não descartam a participação de menores de idade no crime, que responderiam de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente. O delegado Thiers reforçou que qualquer vítima de injúria racial deve procurar apoio em uma delegacia.

 

  • Mulher em Foco

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation