Goji Berry, novo superalimento do Tibete, veio para ficar

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

9660563015356876eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3Eles são os “diamantes vermelhos” do sul da Ásia, conhecidos e utilizados há milhares de anos pelas medicinas não tradicionais do continente e cultivados há pelo menos sete séculos nos planaltos e montanhas da China, Tibete e Índia. No Brasil, o Goji Berry se popularizou no começo desta década e conquistou quem busca uma vida mais saudável, por ser uma fruta rica em substâncias benéficas como vitaminas, antioxidantes e fitoquímicos.

“O Goji Berry é o que chamamos de superalimento, uma frutinha hiperequilibrada que traz inúmeras vantagens para a saúde”, conta Cláudia Witt, nutricionista que colabora com o site Rei do Goji ( www.reidogoji.com ). Ela destaca algumas:

1. Retardar o envelhecimento
A fruta contém uma alta quantidade de flavonoides, antioxidantes que ajudam a conter os efeitos do envelhecimento. Além disso, traz bastante beta-sitosterol – a substância de nome diferente é eficiente no controle de celulites por ser um anti-inflamatório natural, que também ajuda a estabilizar e diminuir o “colesterol ruim”, como é conhecido o LDL colesterol.

2. Fortalecer a imunidade
O Goji Berry tem uma grande concentração das vitaminas dos Complexos B e C, ambas essenciais para o bom funcionamento do sistema imunológico. A primeira garante uma boa reduzida na fadiga e estresse, junto com uma melhora no humor. A segunda, por sua vez, faz com que as gripes fiquem bem longe e auxilia na absorção de ferro. Uma curiosidade: 100 g da frutinha tem 50 vezes a quantidade de vitamina C de uma laranja inteira.

3. Prevenir doenças graves
Doenças cardiovasculares, diabetes, problemas de visão e de pele e até câncer. O coquetel de substâncias presentes na fruta da Ásia ajuda a evitar o surgimento desses males. Outra vantagem: ele contém arginina e glutamina, aminoácidos que estimulam o corpo a produzir GH, o hormônio do crescimento. Isto ajuda na atividade física e no aumento da massa muscular.

No Brasil, ela é encontrada desidratada ou em cápsulas. A nutricionista explica que o ideal é consumir entre 30 e 40 g do Goji seco ou duas cápsulas por dia, divididas em duas doses sempre antes das principais refeições. “Como vantagem extra, ela aumenta a sensação de saciedade, graças à grande quantidade de fibras, e você acaba comendo apenas o suficiente”, diz.

Segundo a especialista, o principal problema para a difusão do consumo da fruta ainda é o preço, que pode ser elevado. No entanto, com o aumento da procura e do conhecimento sobre os benefícios do alimento, ela acredita que o Goji Berry ficará cada vez mais acessível.  “No entanto, vale ressaltar que para experimentar esses benefícios é preciso manter uma alimentação equilibrada e ter um estilo de vida saudável. O consumo isolado do Goji Berry não faz milagre”, afirma Cláudia.

 

  • Mulher em Foco

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation