Empreender dá nos nervos

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Empreender dá nos nervos, dor de barriga, medo, angústia e, se começarmos a listar, não paramos mais.

pamelaponce1Sabemos que o momento da economia brasileira é de mudanças e isso acaba impactando significativamente alguns setores, em outros menos, mas afeta de modo geral.
Quando você tem uma ideia para iniciar ou para melhorar seu negócio, opiniões, dicas, conselhos e oportunidades chegam aos montes, podendo levar seus pensamentos e ações a outro rumo e isso não é raro de acontecer.

Nesse artigo, o que desejo compartilhar com vocês, caros leitores, é uma ferramenta que pode ajudar a racionalizar suas tomadas de decisões.
Veja bem, não desejo desestimular seu instinto ou feeling, até porque muitas das startups milionárias atuais, os fundadores e fundadoras ainda não terminaram a faculdade. Também não desejo desestimular a busca pelo conhecimento nas universidades. O que desejo é compartilhar uma ferramenta para chegar ao mapa do tesouro e, esse instrumento, bem utilizado, pode trazer resultados significativos.

No “one to one” que faço, peço que o empreendedor ou empreendedora me fale do seu negócio, como está posicionado e, quando algumas perguntas não são respondidas de pronto, uma das ferramentas que começamos a aplicar é a matriz de análise SWOT
– uma ferramenta de análise de ambiente que oferece suporte para a realização do planejamento estratégico de uma empresa.
A matriz se baseia no mapeamento de fatores internos e externos e na identificação de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Para facilitar o entendimento, façamos uma analogia: Imagine sua casa o que ela tem de pontos fortes e

pontos fracos e analise também a casa do vizinho, o que pode trazer de ameaças e o que pode trazer de oportunidades para manter sua casa em pé.
Lembre-se que não é de um único vizinho e sim do bairro, da cidade, da região que seu negócio está baseado.
Outro ponto muito importante, que na cultura empreendedora brasileira não é estimulado, é detectar quais são os pontos fortes e aqui cabe outra analogia: você foi criança algum dia e seus pais, amigos e familiares sempre destacavam algo de bom que você fazia, talvez fosse muito bom em física e em história não.

As aulas de reforço de história, seus pais, professores e amigos indo a sua casa para lhe ajudar, fizeram com que seu foco direcionasse para o que deveria melhorar e aquilo que era seu dom, seu expertise ficou em segundo plano e talvez podemos ter perdido um bom físico. Importante saber seus pontos fracos e as ameaças que o mercado pode impor a seu negócio, porém seus pontos fortes devem ser bem trabalhados para que fique mais fácil achar as oportunidades que diariamente estão no mercado e que poucos enxergam.
Essa é minha dica, use a análise de swot e liste pontos fortes e fracos do seu negócio, oportunidade e ameaças do mercado e crie ações baseadas em criar soluções para esses problemas.

Pâmela Ponce
www.iaprendi.com.br

  • Mulher em Foco

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation