Alongamento de cílios pode causar infecção nas pálpebras e terçol

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Casos de blefarite e terçol relacionados ao alongamento de cílios ou uso de cílios postiços têm aumentado

cilios_capa-postNão há limites para a vaidade feminina. Uma das novidades que está fazendo a cabeça das mulheres brasileiras é o alongamento dos cílios. Porém, para prevenir problemas nas pálpebras, como a blefarite e o terçol, é preciso tomar certos cuidados.

Segundo Dra. Tatiana Nahas, oftalmologista, especialista em cirurgia de pálpebras e Chefe do Serviço de Plástica Ocular da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o alongamento ou o uso de cílios postiços realmente valoriza o olhar. Entretanto, o primeiro cuidado é escolher um profissional especializado, principalmente quando for para fazer o alongamento.

“No alongamento, os cílios são colocados um a um com uma cola. Esse produto não deve entrar em contato com os olhos e nem com a margem das pálpebras, pois pode causar sérias irritações e alergias”, diz a médica.

O mesmo cuidado com a cola deve ser tomado para colocar os cílios postiços, que não devem ficar nos olhos mais do que 24 horas. “Quando a pessoa colocar os cílios postiços deve retirá-los e higienizar muito bem as pálpebras para evitar qualquer contaminação. Essa é uma região muito sensível e sujeita a inflamações”, explica Dra. Tatiana.

“Muitas pessoas têm medo de que os cílios caiam e deixam de higienizar corretamente as pálpebras. Isso aumenta o risco de infecções e inflamações, como a blefarite e o terçol, por exemplo. A blefarite é uma inflamação crônica que atinge a raiz dos cílios e é mais comum em pacientes com a pele clara, nos mais jovens – devido à ação dos hormônios – e em pessoas com rosácea ou com dermatite seborreica. Portanto, esse grupo deve ter cuidado redobrado ao usar os cílios postiços ou fazer alongamento”, afirma a oftalmologista.

Como fazer a higiene das pálpebras

“A higiene das pálpebras é muito importante e deve ser feita pelo menos três vezes por semana. Há dois passos básicos: escolher um produto e lavar as pálpebras. Todas as pessoas podem higienizar as pálpebras para prevenir inflamações e infecções, principalmente quem tem a pele mais oleosa e faz uso dos cílios postiços ou fez o alongamento”, comenta Dra. Tatiana.

Veja como limpar as pálpebras em dois passos:

1. Escolha um produto para chamar de seu: Hoje existem inúmeros produtos no mercado especialmente feitos para a limpeza das pálpebras. O mais comumente usado é o shampoo infantil neutro. Mas, se a pessoa é alérgica, o ideal é consultar um médico para a indicação do melhor produto.

2. Como limpar? Faça uma espuma com água morna e com a ponta dos dedos lave a raiz dos cílios, como se estivesse lavando os cabelos. Depois, é só enxaguar e secar levemente. Não deixe o produto entrar em contato com os olhos para evitar irritação.

  • Mulher em Foco

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation