“Formar leitores e contribuir para mudar os índices de leitura do país”, esse foi o objetivo da Feira Nacional do Livro

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Movimento Livreiros_Luis CerviA 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto encerrou sua programação cultural neste último domingo (11). Com mais de 260 atividades realizadas e 130 autores presentes, o evento recebeu cerca de 180 mil pessoas que participaram de salões de ideias, debates, saraus, oficinas, mediações de leitura, apresentações de músicas, teatro, performances, intervenções artísticas, contação de histórias e espetáculos.  O evento ganhou projeção internacional com participação de autores estrangeiros e estudiosos do tema educação. O pilar de sustentação desta edição foi o projeto “Combinando Palavras” que garantiu a participação dos escritores: Nélida Piñon, Zuenir Ventura, Ignácio de Loyola Brandão, Lya Luft, Luis Fernando Verissimo e Ricardo Azevedo. Uma ideia que disseminou um novo papel para a feira: o de formar leitores. Nesta primeira experiência – em novo formato e abrangência – o projeto atendeu a 8.800 estudantes

Nesta 17ª edição, a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto levantou como bandeira o tema "Do conhecimento que liberta ao amor que educa – o livro na escola". O evento aconteceu de 4 a 11 de junho e trouxe uma proposta inovadora da Fundação do Livro e Leitura (instituição realizadora do evento): avançar no seu papel de difusão da leitura para a formação de leitores. O objetivo foi alcançado e impactou diretamente 8.800 estudantes que participaram do projeto “Combinando Palavras”.

Conferência Internacional com Jose Pacheco_Ste Frateschi (2)Segundo a diretoria da Fundação, esses alunos são crianças e jovens que vão engrossar de forma significativa o número de leitores da cidade e região, num futuro próximo.   “A feira manteve a quantidade de visitantes do ano passado, cerca de 180 mil pessoas, mas avançou consideravelmente no seu papel, antes focado na difusão da leitura. Agora, temos a convicção de que colocamos os dois pés na formação efetiva de leitores”, avaliou a presidente da Fundação do Livro e Leitura, Adriana Silva, uma das curadoras da feira. Ela reforça que a Fundação tem consciência de que o trabalho pré-feira feito nas escolas com capacitação de professores, leituras dirigidas aos estudantes, dinâmicas e produção de textos e outras modalidades artísticas, preparou os alunos para os encontros com leitores, despertando neles o desejo da leitura e mais: “os estudantes criaram vínculos com a feira, os professores e os autores”.

O escritor Ignácio de Loyola Brandão, que participou do “Combinando Palavras”, enfatizou que a leitura é a maior viagem que uma pessoa pode fazer na vida.  Ele elogiou o projeto e alertou que a ideia deveria ser implantada em todo o país. “Temos que formar leitores e isso começa dentro de casa, com os pais, depois nas escolas e em iniciativas como essa da Feira do Livro”.

Nélida Piñon, também presente nesta edição do evento, demonstrou-se muito emocionada com a participação e o envolvimento dos estudantes. A escritora recomendou a leitura aos mais de mil alunos que vieram para vê-la e ouvi-la. Na sua avaliação, a formação de leitores é o único caminho para salvar as pessoas e o país. “Como é que o ser humano pode viver integralmente, ser um cidadão completo, uma criatura cívica, se não tem acesso aos livros. Se não pode pensar?, indagou dando a resposta imediata: “pensar não é um privilégio, é uma necessidade”.

Adriana Silva revela que o “Combinando Palavras” deu origem a um relatório de 300 páginas com a produção dos alunos. O documento foi entregue aos escritores e também foi transformado num e-book. “Esse é um projeto que definitivamente fará de Ribeirão Preto uma cidade de leitores. E se assim acontecer, seremos modelo”, ressalta.

Combinando Palavras

O projeto foi neste ano implementado em parceria com a Diretoria de Ensino e apoio do Sesc. Criado no ano de 2007, na Escola Otoniel Mota, ganhou sustentabilidade e ampliou os horizontes de sua atuação, o que possibilitou a vinda de seis autores de grande relevância no cenário nacional para uma interação com estudantes. Com a sua reformulação, o primeiro passo foi a realização de oficinas de capacitação para os professore e realização de salões de ideias. O segundo passo foi envolver alunos da rede pública de ensino, que passaram a estudar a obra dos autores participantes. “Foi tão importante  para os estudantes e professores quanto para os escritores – que reconheceram a dedicação e envolvimento das escolas e se emocionaram muito durante a feira”, conta a coordenadora de programação da feira e uma das curadoras da feira, Laura Abbad.

Origem e Evolução

Inicialmente realizado na Escola Estadual Otoniel Mota, o “Combinando Palavras” contava com a coordenação da professora Heloisa Alves, hoje curadora do projeto. Tradicionalmente era encerrado na Feira do Livro, com o lançamento de um livro com textos produzidos pelos estudantes, inspirados no escritor escolhido a cada ano. A diretora de ensino de Ribeirão Preto, Simone Maria Locca, explica que participaram cerca de 50 professores. “A proposta vem ao encontro do Currículo Oficial da SEE/SP, uma vez que evidencia a competência leitora como ponto de partida para a aprendizagem em sala de aula”, frisa. Para o gerente do Sesc Ribeirão Preto, Mauro Jensen, essa parceria se estabelece a partir de objetivos comuns entre as instituições – o estímulo à leitura e à formação de leitores. “Enxergo o projeto como uma grande oportunidade para estes estudantes, pois diversifica a situação de aprendizagem”.

Ação cooperada

Segundo a superintendente da Fundação do Livro e Leitura, Viviane Mendonça, todo o esforço da Fundação para a transformação do papel da Feira Nacional do Livro contou com instituições que foram protagonistas no processo de preparação do evento. “Neste ano, a feira trouxe muitas novidades em ampla programação, possibilitada pela força conjunta das grandes parcerias como o Sesc, Sesi, Senac, Diretoria de Ensino, Universidades e entidades locais, além do apoio de empresas e organizações e da valorização cultural, o que consagrou a grandiosidade do evento”.

O resultado deste esforço conjunto proporcionou uma programação qualificada com diferentes vertentes de reflexões levantadas por autores, educadores, artistas e intelectuais. Juntos e, com a intensa participação do público, eles apresentaram pensamentos que colocaram a literatura como fonte de evolução permanente do ser humano. “A feira trouxe uma efervescência cultural que se instalou no Quarteirão Paulista e tomou conta de Ribeirão Preto e da população que se fez presente em grande quantidade nos oito dias de evento”, afirmam os organizadores.

Outro atrativo trouxe um nível de excelência e projeção à Feira do Livro no cenário mundial: a Conferência Internacional de Literatura e Educação – um amplo espaço de debate e de capacitação para mais de 3 mil professores e estudantes, reunindo  conferencistas de Portugal, Itália e Brasil – ícones da educação que sinalizaram caminhos e soluções para o futuro da escola e da educação em todo o mundo, como o reitor honorário da Universidade de Lisboa, António Nóvoa. Ele ressaltou que “o modelo escolar está perdendo seu brilho e, sem mudanças, pode decretar o fim da escola”, alertou. Outra proposição que mobilizou o público veio do português José Pacheco: “o ato de ensinar também é um ato de amor. Para que o aluno possa aprender é preciso estabelecer um vínculo, saber como cativar e se relacionar com o aprendiz”, afirmou. O evento também contou com a participação do autor educação homenageado, César Nunes e com a videoconferência com o italiano Mauro Maldonato e mediação presencial do crítico literário, Manuel da Costa Pinto – atividade realizada em parceria com as Edições Sesc.

  • Canal Dicas Mulher

  • O Guia de Compras Dicas Mulher é segmentado, e os anúncios agrupados nas seguintes seções:
    - Artes & Decoração
    - Beleza & Estética
    - Comer & Beber
    - Festa, Lazer & Turismo
    - Moda & Pres Sobre nós

    Últimos Mulher em Foco



    Dicas Mulher © Copyright 2015, Todos Direitos Reservados

    Desenvolvido por Invation